Publicidade

Acesso rápido

Cerimônia Presidencial (ret-con: enredar fatos passados de forma [i]lógica)

Postado por Guilherme Batista, em 31/01/2007

Nenhum comentário:
ATENÇÃO: texto de caráter puramente humorísto e/ou filho da puta. Portanto, qualquer federal que ler isso deverá ter essa informação em mãos na hora de ir me prender

Minha ousadia não conhece limites. Como todos sabem, fui um privilegiado pelas bolsas do PROUNI. E, devido a isso, fui convocado gentilmente para uma cerimônia presidencial - a gentileza foi tanta que vieram me buscar em casa com um jipe das forças armadas nacionais, e alguns caras armados para me manter seguro. Na verdade, achei que era para evitar de eu fugir...

No caminho, o jipe foi raptado pelos terroristas árabes que adoram caçar jornalistas. Levei uma pancada nas cabeças e, com uma puta dor entre as pernas, desmaei. Acordei estando num avião, e todo mundo preocupado com o piloto. Me livrei de meus perseguidores e percebi que o boing seguindo caminnho para dois prédios, muito parecidos, grandes, um ao lado do outro, com um piloto amalucado com poucas pretensões de desviar deles. Chutei alguns terroristas, peguei uma mochila que estava pendurada, peguei a minha mochila e saltei... puxei uma cordinha e ouvi um cara gritando do avião:
-O filho da puta, devolve minha mochila!!!

Com o mar ficando cada vez mais próximo, resolvi fazer algumas manobras afim de diminuir a pressão da água no meu corpo. Mergulhei fundo e vi um submarino no chão, com uma bandeira da Rússia estampada. Eles deviam achar que eu era inimigo, pois fui atiraram um torpedo em mim... O mísseil foi jogado com tanta força que parou bem longe dali, fazendo uma baita explosão e levantando uma onda enorme... deviei como podia e resolvi naufragar aquela coisa. Fui nadando até lá, bati na porta e deixei abrirem. Pergutaram quem era e disse que era o entregador de pizza de mitkocvitch, e eles abriram dizendo: "Po, demorou hein?"...

Voltei a nado para a superfície e emergi em meio a uma enorme festa, onde todo mundo tava correndo para chegar a algum lugar. Nisso passou um cara e levou minha carteira. Irritado, me disfarcei de escocês (ou seja lá como se escreve isso) e corri para pegar o cara - que por um acaso, era brasileiro. Invadi o lugar que eles estavam usando pra correr e segurei o cara, que deveria ter pego a carteira de todo mundo - haja vista que estava correndo de todo mundo. Peguei minha carteira se segui viagem, sendo xingado por todo mundo. Fui correndo para a Tailandia. Chegando lá, fui surfar um pouco. Mas acho que ninguém queria saber disso, todo mundo tava correndo do mar. Encarei a maior onda da minha vida, mas levei um baita caldo e fui cuspido pelo mar para fora. Caí numa terra fria, em que todo mundo estava em guerra e louvando um tal de Maradona. Fui pego por alguns caras que estavam dizendo: "Louve el Maradona, brasileño. Usted dieves fasser el sinal de la cruz tueda vez que hablarmos 'Maradona". Não entendi lhufas e gritei: PELÉ NO CÉU E NÓIS NA TERRA, MANO!

Me enfiaram num canhão e atiraram. Caí no local em que ia ser a cerimônia. Olharam espantados pra mim, por estar vivo. Fui dar um passo e tropecei, caindo de cara no chão e desmaiando de novo.



Acordei em casa, no chão do quarto, com minha mãe me chacoalhando e dizendo : "Filho, tudo bem?"

Nunca mais como antes de ir dormir

Ret-con

Nenhum comentário:
Tenho um vizinho que foi, por uns tempos, motorista do presidente. Não me lembro exatamente de qual, mas ee foi mesmo, tem até registro em carteira. Ele conta alguns casos inusitados, mas teve um que ele contou que foi o campeão de todos: certa vez ele estava guiando por uma estrada no interior de Mato Grosso. Eis que atropela um porco. O presidente dirigiu-se a ele:
-Ih, rapa, morreu... deve ser daquela fazenda ali. Faz o seguinte: vai lá, conta tudo, pede desculpas e dá esse cheque pra ele comprar um porco novo.

E o motorista foi lá, todo solícito. E demorou três horas. Quando estava anoitecendo, ele voltou ao carro, todo cambaleante, com uma garrafa de vinho da melhor qualidade. Ao olhar aquilo, perguntou o presidente:
-Ué? Assim não dá! Que houve? Demorou tanto porque? E o que é essa garrafa de vinho?
-O fazendeiro me deu essa garrafa, um belo almoço e me deixou transar com sua bela filha de 18 anos, que transou alucinadamente...
-Tudo isso só por que você matou um porco? O que você disse?
-Cheguei lá e disse: "Sou o motorista do presidente e acabo de matar o porco..."

Ai, ai... bom, o carnaval foi uma maravilha pra todo mundo. Menos pra Portela. Aquela águia foi mesmo uma coisa de retardado: se a asa não queria ficar num lado, por que não colocou no outro? Seria mais rápido... ou usassem um ferro de solda e colassem aquilo no lugar. Ficaria meio torto, ma bastava dizer que a águia estava representando um vôo e estava dando sinal de que ia virar... Sei lá.

Mas foi muito bom mesmo. Vendo o carnaval, me lembrei de gringos, e minha memória semântica fez associação com eu ter imitado um gringo certa vez, ano passado. Cheguei numa barraquinha, dessas de vende refrigerante, eu, branco, na praia, falando em espanhol, pensa-se o que? Que é um gringo. O cara da barraquinha também pensou isso. Olha como foi o diálogo:
-Ei, companhero! Quanto custa la... ciomo ustedes hablam? Ah, sí. Quanto custa la gasosa, la Côca-Côla (imaginem o sotaque de meses sem "hablar castelhano")
-Cinco real, gringo.
-Bele. E se eu falar que sou brasileiro, você me cobra os 2 reais ou mantém 5 mesmo?
Lembrei disso por causa do preço das fantasias. Antigamente carnaval era festa popular. Até hoje é, mas para a população rica, ou estrangeira.

E navegando feito uma barata tonta pela net, por que não uso rss e nem tenho interesse, vi no Catarro verde uma dobradura para mulher fazer xixi em pé. É, isso mesmo, origami de pênis para mulheres. Agora podemos dizer que mulher é bicho completo: faz até xixi em pé. Só falta se auto-reproduzir para os homens serem extintos. Que me desculpem as leitoras desse blog (mais da metade dos acessos vai cair), mas tô pensando sériamente em inventar a campanha: "Igualdade dos sexos sim, mulher macho não!"

E falando em campanhas, continua a campanha do governo para espalhar a palavra da camisinha pelo Brasil, para que essa população de reprodutores pare de reproduzir pelo menos no carnaval. Mais da metade da população do Brasil é feita nessa época. Basta olhar pra ver quantas pessoas nascem no carnaval, ou pouco antes, ou 9 meses depois. Julho ninguém se reproduz não? Fora que a Aids só se espalha nessa época. Muita gente reclamou que se infectou de AIDS fora do carnaval... bem, que eu posso fazer? Agora é tarde. Deveria ter pensado nisso QUANDO fez a coisa! Perco o leitor mas não perco o sarcásmo!

E a libertinagem no país rola solta! Dessa vez foi o maior campo de informações inúteis por metro cúbico, a internet: gays, lébicas, bichas, travecos e boiolas em geral mandaram e-mails reclamando e me chamando de preconceituoso. Faltaram ir na minha casa com tochas - o que me levou a pensar que talvez com um pouco de água apagasse o fogo das bichas.

Bicha lembra bicho. Bicho lembra mato. Mato lembra interior. Interior lembra caipira. Logo, bicha me lembra caipiras. Estranho.
Estranho mesmo é algumas rádios mandarem mensagens de amor. De fulano para cicrano. Imagina se um caso de adultério vai a mostra por causa disso? Adulério por adultério, prefiro o do gringo que fazia propaganda negativa do Brasil. Por causa de um filho da puta desses, aumentou a taxa de turismo nas terras tupiniquins.

Mandaram e-mail spam pra mim: "You want a big pennis?". Tive vontade de re-enviar aos viados que reclamaram; "Você procura um grande pênis?". Tô fora.

Vi num blog de uma amiga que eu tinha pedido pra nascer. Opâ, que história é essa? Eu não pedi pra nascer. Fui arrancado pra nascer, isso sim - por mim ficava mais uns meses na barriga da minha mãe, mas aos 8 meses de gravidez quiseram me tirar de lá. Deveras, se eu tivesse pedido pra nascer, seria numa família muito, mas muuuuuito rica.

Falando em riqueza, tava pensando em como eu seria se fosse rico. Mandão, orgulhoso, vaidoso, festeiro, zoador, cara de pau, canalha, sarcástico. É, talvez seria melhor.

E o jumbão, o avião presidencial? Ainda bem que o Brasil não tem nada pra ser destruído - o Cristo redentor talvez. Se algum terrorista inventa de roubar aquilo, vai ter nas mãos a maior (literalmente) arma do mundo.

Acho melhor parar por aqui... Agradecimentos especiais a Marcurélio, do Jesus me chicoteia, e a MrManson, do Cocadaboa (todos os links estão na barra lateral. Te vira e acha).

25 anos?

Nenhum comentário:
Sexo Tântricop

Leiam a descrição. Vão lá, eu espero.

Foram?

leram?
Então.

Porco um caralho, quero ser é Shiva

Classificação das mulheres

Postado por Guilherme Batista, em 30/01/2007

Nenhum comentário:
-Entenda, gafanhoto, que em matéria de cabelos tingidos em coloração amarelada (loiras tingidas), ou naturais, existe 3 tipos:
1)Por que é Loira: A mulher pode até não ser muito bonita, mas você se atraca com ela por causa da loirice. Afinal, todo mundo que já comeu uma loira consegue status;

2)Se fosse loira: Você parte pro pega-pra-capar com ela, imaginando que se ela fosse loira... É um tipo que requer muita concentração, pois o cabelo dela parece um bom-bril todo escancalhado, mas o corpo até que é... hum... comível.

3)Nem sendo loira!: É a xepa da madrugada, o jaburu dos monstros, a besta. O cara tem que se ser fã do Rappa: "Eu sou guerreiro, sou batalhador. E todo diiiiaaaa eu vou encarar(...)". É necessário muito sangue frio para encarar uma dessas. Ou cérebro de gelatina, tanto faz.

Exercendo sua cidadania democrática obrigatória

Nenhum comentário:
Ontem teve aquele reve... refe... publici... ah, sei lá, teve aquele troço em que éramos obriagados a escolher: ou dá ou desce (ou dá tiro a rodo ou desce a porrada).
Fui lá, chateado por que estava chovendo - e a zona eleitoral que eu voto é uma zona mesmo.
Cheguei lá convicto de que poderia exercer a cidadania democrática obrigatória, prontinho para enfiar o dedão no botão do "Anula". Ao entrar na sessão, estranhei: tinha quatro pessoas: dois juízes de mesa e dois carinhas ao lado da cabine. Nem prestei atenção nos juízes, pois os caras ao lado da cabine, um estava com um porrete e outro com uma doze na mão.

Fui lá votar ignorando os dois. Prestes a apertar anula, ouço um "click" - e vejo o carinha da doze apontando a mesma pra minha cabeça.
"Olha esse dedo perto do 2... é pra apertar UM, porra!"

Temendo em ter miolos de Eddie espalhado na sala, resolvi obedecer. Prestes a apertar o 1, me vem o cara do porrete, e diz:
"Olha esse dedo aí perto do 1... é pra apertar DOIS, porra, senão enfio esse porrete no seu cú"
Vendo que o cara era um armário 4x4, e temendo a minha integridade física e anal, pensei rápido; Apontei pra um canto, fiz cara de espantado e mandei:
"Olhem um taco de beisebol que dá tiros de doze"
Não entendo, esse pessoal devia ter bebido, pois olharam. Nisso, tirei a doze do cara, mirei no porrete, atirei e joguei a doze pela janela. Votei tranquilamente e saí com o peito estufado. Não de orgulho, mas de medo mesmo - nunca em toda minha vida passei por apuro tão grande.
Afinal de contas, imagina se o cara do porrete faz o que ameaçou? Rapaz, eu ia estar falando fino agora e gritando: "MEEEEENIIIIINAAAAAA, QUE LUUUXOOOOO".

Perguntas idiotas, respostas ignorantes

Nenhum comentário:
-Eddie, isso que você está usando na cabeça é um lenço do Iron Maiden?
-Não, isso aqui é uma BIGORNA maleável elástica que eu coloquei equilibrada em cima da minha cabeça e ela ficou desse jeito depois de escorrer...
*****
-Cara, esse negócio vermelho que está saindo do seu dedo machucado é sangue?
-Não, isso aqui é baba de sapo cururu virgem
*****
-Ei, pode me dizer se por aqui passa o Sacomã?
-Passa sim, por que, vc quer pegar ele?
-Não, quero ficar sentado aqui vendo quantas vezes ele vai pra lá e pra cá....
*****
-Por que o Linux Kurumin tem esse nome.
-Pra indicar uma coisa fácil e que agrade todo mundo. Algo a ver com os índios.
-E por que esse pinguim tá usando essa pena na cabeça?
-¬¬' Pra indicar que ele é um elefante disfarçado de cacique.
*****
No último andar do prédio:
-Vai subir?
-Vai. E depois de atravessar o teto esse elevador vira um helicóptero e sai voando.

Um fim alternativo na América

Nenhum comentário:
Tião volta do seu coma, após ter dado uma de Dante Alighieri e resolve desistir disso de ser peão - Torna se pai de santo, funda um terreiro e atende agora pelo nome de "Tião Do Kongo". Ed(vagar) descobre a sua verdadeira paixão: um moreno latino que estava passando no bar, eles se casão e mudam o nome de Chiquinho para "Julivan". Sol desiste dessa porra de ficar indo pra lá e pra cá ilegalmente, casa-se com Chatobá e ambos fundam uma agência de viagens para cegos mancos do papacuaguá, tendo o Chatobá em um outdoor gigantesco na porta com o logo: "É ver para crer".

Creuza e Darlene (ou sei lá o nome daquela loira barraqueira) fundam um puteiro. Feitosa, triste com tudo isso, abre uma escola de samba: "Unidos do Chifre Manso". A mãe dele, aquela gorda fofoqueira, funda um jornal religioso, já que ela adora cuidar da vida alheia mesmo...

Farinha descobre que é filho bastardo do Gomes, e decide fazer jus ao nome. Dizem que até hoje ele manda naquele morro, e além de tudo está espalhando sua influência para outros estados.

Laerte e suas vacas premiadas (May e aquela louca por grana) ficam viajando pelo mundo, com ele fazendo a apresentação de "Laerte e suas incríveis vacas premiadas". 6 meses depois são descobertos por um circo e vão trabalhar nele. Lurdinha abandona Glauco e vai morar com um cara de 90 anos. Dois meses depois, está grávida, mas jura que o pai é o velinho (nessa até o autor ficou com dúvidas, dizem por aí). Radar vai pra uma academia militar e começa a fazer jus ao nome, sondando os soldados alheios para descobrir qual deles estava precisando astear o mastro da bandeira. Enfim, vocês me entenderam. A mãe dele, após ser largada por Chatobá (o autor foi complacente, convenhamos) resolve abrir uma creche. Simone também colhendo os filhos mais bonitinhos para ensiná-los atividades agro-pecuárias, como tirar leite da vaca ou plantar uma boa mandioca, dar cenoura às coelhas e como pescar piranhas.

As afiliadas de Neuta descobrem seu lado mulher-macho-cho-cho e casam, as três, sendo o primeiro caso de casamento triplo em Boiaderos. O irmão de Tião funda um bingo, chamando seu irmão para benzer ele(o bingo) dos vícios alheios. Glauco fica com dor-de-chifre, mas depois de ver a sexy da Ciça Guimarães, resolve voltar em definitivo com ela.

Raíssa agora é a rainha do funk e uma das putas mais bem pagas do país, concorrendo inclusive com a Bruna Surfistinha. Dizem até que elas formaram uma dupla: enquanto uma está chupando, a outra engole.

Haydé larga a mão de ser peruona rica e cria uma gangue de cleptomaniácas. O FBI está atrás delas.

Tony volta para o Brasil, instala-se em definitivo por aqui e abre uma agência de viagens, em parceria com Sol e Chatobá.

Rique cresce e vira garoto de programa assim que atinje a maioridade. E depois de atinje a maioridade, atinje a menoridade, a italiana, a francesa, a inglesa e a Miss Jane, embora tenha vergonha de dizer que se empanturrou naquelas carnes caídas.
Seus pais se separam e cada um vive a vida que gosta: um vira dono de clínica de recauchutagem e a mãe dele resolve ir atrás dos sonhos que abandonou. Principalmente do sonho dela que era o J. Negão.

O bar de consuelo fica famoso, mas logo baixa a federal lá, descobre todos os imigrantes ilegais e dá um fim estilo bangue-bangue (aproveitando a deixa, os policiais foram para a novela das sete). Todo mundo que estava lá morreu: Consuelo, grande Jota, aquele latino cantor babaca, o Latino, todos os cantores que estavam fazendo um especial ali, os recém-inagurados imigrantes ilegais, as filhas dela e tantos outros. Só sobrou mesmo o Carreirinha, que mudou para outra novela e ficou cantando: "Jamanta não morreu-eu".

Todos os bandidos da história vão pra gangue da Haydé. Mariano e Odaléia tem mais uma filha, e a chamam de Lua. Gil vira caminhoneira, e passa a transar com a amiga dela. Neuta e Binho (ou sei lá o nome do cabra que come ela) casam-se e passam a tocar a fazenda. Mas ela não fica passional e resolve tocar outras coisas no namorado, principalmente a mandioca que ele planta todo dia.

O avô de Tião morre, a mãe dele casa com o coronel, e o Tião AINDA não desistiu de ser pai de santo e montar um terreiro do jeito que o pai dele desenhou no AutoCAD pirateado que o filho mais novo conseguiu da Haydé, que roubou "acidentalmente" uma cópia original (?) da Autodesk.

Todos os peões não citados aqui vão à Pirelli e resolvem posar nús para um calendário do ano seguinte.

E antes que perguntem, sim, o JR casa com aquela outra bicha tresloucada. E não, essa saga já teve bicha demais aqui, então eles NÃO se beijam.

Todas as crianças cegas e retardadas da novela continuam levando a vida que levam.

E para dar um fim comunzinho, sim, tem um baby-boom, todas ficam grávidas, inclusive o Júnior. Só não me pergunte por onde sai o filho. Talvez ele vpa cagar em cima de um sapo (sem saber) e ache que deu a luz, sei lá...

fim
PS: Antes que me esqueça, O Touro Bandido foi morto a pauladas por peões revoltados. Foi vendido a carne para o Tião do Kongo, que resolveu fazer uma churrascada sem saber que a carne era do seu amigo.

Agora sim, fim

Vendas por telefone

Nenhum comentário:
Vieram com um papo estranho de "Faça grandes vendas por telefone - APRENDA TELEMARKETING!".
Aí eu classifiquei essa porra como Spam. Mas isso me deu uma bela idéia para realizar telemarketing eficiênte:
-Alô?
-Alow! Eu sou o Fulano de tal e gostaria de saber se o senhor estaria interessado no produto tal e ...
-Não valeu. - Desliga o telefone.
Liga de novo.
- Alô?
-Alow! Eu ainda sou o Fulano de tal e esqueci de mencionar que o dono da empresa se interessaria muito que o senhor adquirisse o nosso produto...
-Não. - Deslica de novo.
Liga outra vez.
-Alô, inferno.
-POis então, senhor, olha, o presidente da empresa pediu para dizer que é muito bom adquirir tal produto e...
-Plec - Desligou de novo, o teimoso.
Trim
-Quié, porra?
-Eu por um acaso disse o nome do presidente?
-(SUSPIRA)Não, fala, chato.
-É Osa Mabin La Den.
-Hum... quanto você disse que custava mesmo?

Vou revolucionar os métodos modernos de venda via telefone.

Perguntas com a mesma resposta

Nenhum comentário:
1)Como eu consigo um serial number de qualquer programa?
Resposta: Vai no Google.

2)Vc sabe onde eu aprendo web design?
Resposta: Vai no Google.

3)Como eu posso saber mais de vocÊ?
Resposta: Vai no Google.

4)Eu quero chegar na praia. Como eu faço?
Resposta: Vai no Google.

5)Conheçe alguma fórmula de mistura de cores suaves?
Resposta: Vai no Google.

6)Mas eu...
Resposta: Vai no Google, te vira, porra.
Nenhum comentário:
Olá, cambada de putos!

Eu tava de saco cheio do blog do jeito antigo, então resolvi simplesmente dizer um foda-se aquilo tudo e manter do jeito que estava (ou quase...).

Enfins, vamos logo as novas que eu não estou de bom humor (pra variar):

Como afastar curiosos
Sábadão sim, sábadão não, tenho um compromisso importante no qual minha irmã mais velha e mãe também participam. O último as duas resolveram ficar em casa, então resolvi ir sozinho.
Como mamãe querida é enfermeira, pediu que eu levasse alguns remédios para um amigão dela (amigão mesmo: o cara pesa uns 100 kg só na barriga). Coisa mais para ajudar mesmo, já que certos remédios são caros e/ou as pessoas não tem tanto tempo pra ir atrás.

O fato é que muquei as trocentas cartelas que ela me entregou na mochila e parti rumo à viagem. No meio do caminho, resolvo ouvir meu fiel companheiro, diskman, quando percebo que o mesmo estava mais muquiado entre os remédios do que os mesmos. Fuça daqui, fuça dali, as cartelas se chocam levemente e fazem barulhos de cartelas (sei lá como é essa porra de barulho). Eis que uma curiosa me pergunta:
-"Remédios"?
-"(NÃO, são balinhas de mascar, retardada). Sim, são"
-"Para que?"
-"Remédios controlados. Para eu ficar calmo e não ter espasmos. Álias, esqueci de tomar as minhas..."

E nisso começei a chacoalhar a cabeça feito um headbanger descontrolado e a levantar os braços dizendo "Yhuuuuuuu".

Cuidado com o que come (OU: dando vazão a minha escrotidão)

Nenhum comentário:
-Opa
-Ow, diga meu filho, to aqui pra te ouvir
-Então... você não sabe o que aconteceu...
-Realmente, você falando vagamente assim, não sei =D.
-Pois é... é que eu to com vergonha de falar...
-Deixa disse. Fale sem vergonha.
-'¬¬ Eer, pois é. Sabe a Simone.
-A loira putinha?
-É. Peguei ela. Catei.
-SÉRIO? Você e meio campus ou só vocês três?
-SÓ EU E ELA!
-Ah, sim claro. Diga, o que te aflige? Pegou tanta doença venérea que toda vez que você pula tem que pegar seu pau no chão?
-NÃO!
-Então, qual é seu problema, além do pau podre?
-Vai se foder!
-Não,não,não, quem fodeu reciprocamente nessa história foi você. Com ela e ela com seu pau.
-CALABOCA!
-PAU PODRE!
-MANO...
-Ele puuuulaaaa e... plaft.
-QUIETO.
-...
-Assim está melhor. Bom, ela topou anal.
-Hm.
-E EU BROCHEI!
-Imagino. Do jeito que a aquela mina é puta, já deve ter outros 17 cuzinhos a volta do principal. Já deixaram de ser furúnculos há muuuuito tempo, né?
-Cara...
-Você imagina, 17 anéis de couro... deve ser difícil pra caralho de limpar na hora de ir cargar.
-Chega!
-Pior: tão sujos que cada um já criou seu próprio eco-sistema e atmosfera!
-Pára!
-Imagine, de repente na hora da trepada você ouve um barulho de pássaros!
-Eu vou jantar hoje!
-E você sabe que milho não é dissolvido pelo estômago, certo?
-...
-Olha só, você tira o pau de lá de dentro e tem um milho na ponta!
-AAAA
-Melhor, vocês usam um lubrificante, ele seca no meio da foda, e com a fricção do pau dentro de um dos cús dela, começa a esquentar e sair PIPOCA!
-CHEGA!
-Poc.
-***Cara de nojo***
-Pocpoc
-Vélho...
-Pocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpoc
pocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpocpoc.
-//BLEARG\\.
-Ei, cara, tá passando mal?

Você sabe que está ficando fissurado em informática quando

Nenhum comentário:
(notas de uma pessoa que anda muito distraída, pensando em serviços):
1)Você está fazendo um simples desenho, ou redigindo um texto, e ao errar, sua mão esquerda automaticamente aperta ctrl+z.
2)VOcê lê um texto legar em uma revista, "seleciona ele" com o dedo, copia com "ctrl+c" e cola em seu caderno de anotações com "ctrl+v".
3)Em casa, assistindo TV, cai a energia elétrica. E você fica desesperado por que perdeu a conexão.
4)Seus textos a caneta usam "blz", "td", smiles e similares.
5)Você quer levar várias coisas ao mesmo tempo. Ao invés de pegar essas coisas em grandes quantidades, segura o "shift" e arrasta o dedo na mesa.
6)Quando você quer ir passear em um lugar qualquer, digita a URL do lugar na barra de endereços.
7)Você consegue jogar Freecell fora do computador.
8)Quando você quer se lembrar de algo que já havia dito, procura no log das conversas.
9)Sempre que quer ver um desenho animado, procura pelos arquivos de animação na sua TV.
10)"Programe-se" ganha um novo significado.
11)Você está ouvindo uma música ambiente quando decide fazer outra coisa. E tira os fones de ouvido.
12)Se você quer falar com algum amigo distante, pelo telefone, espera ele ficar on-line.
13)Se não quer, fica ausente.

Mulher feia

Nenhum comentário:
-AAAAi, guiiiii, to com um proplemaaaaaão!
-(sabia que meu ouvido tem limites de decibéis agudos suportados e que eu NÃO sou muro das lamentações?)Que houve dessas vez?
-Sabe aquele gatinho, o Fulano?
-Vem cá, você ACHA que eu considerar um cara bonito? Tudo bem que você tem um corpo gostosinho, mas porra, minha paciência é limitada!
-Eeeer, desculpa...
-Vai logo, me diz o que você tem. "Eu acordo de manhã pensando no que você vai me dizer. A razão da minha existência é te ouvir".
-Que?
-Conta logo, cacete.
-Bom... ele me chamou de feia.
-E tá complexada por isso?
-É...
-Caaalma, voce não é feia.
-Não?
-Não. É um verdadeiro repúdio aos olhos. Olhar pra você chega a ser ofensa ao ser humano. Você é uma criatura desprezível, observar você dá medo, tem gente que corre ao te avistar.
Você não foi cuspida, você foi o resultado de uma mistura de repolho ovalhado com feijoada vencida de três anos atrás, com vômito.
-...
...
...
...
...
Buaaahuahbubaaaaaaaaaaaaaaaa...
-Vai chorar no ombro do teu namorado, aquele clone mal-feito do Shrek.
UPDATE:(Tem gente que implora pra ouvir):
-Guuiiiiii (e seguem outros 654841649465186796 "i"s).
-(te respondo assim que tirar o i do fundo do ouvido)Diga.
-To feia nessa foto?
-Xo ver... hum... hu... him... num...
-Vai ficar murmurando?
-HU. Relaxa, você não tá feia.
-sério?
-Hu-hm.
-Ve lá. Da últimas vez...
-Calma. Eu disse que você não está feia na foto.
-Ai, que bom, brigada, você um amor!
-(cuzinho niinguém libera, né sua puta?)Devo frisar que NA FOTO você não está feia.
-Eeer... e na vida real?
-Sou sincero ou continuamos amigos?

Jota Quest : Você não me leva a nada

Um comentário:
"Hey Jota Queést, eu não te escuto mais,
Você, só me leva a vomitar.
Hey radio Póoop, eu não te ouço mais,
Você, só me leva à raiva!

E se quiser pra onde vão
Pra puta que te pariu, é pra onde vocês irão"

Cara, quando eu penso que o mundo pseudo-musical pop brasilero não pode piorar, me surpreendo. Sério. Essa música do JQ me faz vomitar mesmo.
Em casa meu irmão costuma acordar a família com o galo eletrônico dele, um bichinho útil que marca as horas e desperta quase todo mundo em um horário programado. Outras pessoas o chamam de "Rádio-relógio" (que, sinceramente, deveria vir com efeitos de fade in na hora de despertar).
E o bicho desperta sintonizado em alguma rádio de rock. Que de rock já virou Pop. Mas nos atemos ao tema principal.

Como todos sabemos,sonhos são influenciáveis por "n" variáves externas - comer antes de dormir, um cachorro te beijando, você cair da cama ou ouvir essa música.
Que a maldita em questão me fez ter um sonho em que um retardado que se julgava meu amigo levou eu e mais 4 pessoas, entre elas uma mulher grávida, a um restaurante almoçar - comemoração sei lá de que porra era - e do nada o fpd surta e começa a cantar essa musica - o rádio em questão acionou o despertador e estava tocando essa música. Eis o fato chato.

Afinal de contas, a minha ânsia de vomitar foi tanta que, no sonho, a mulher que estava grávida VOMITOU o bebe dela. Imaginem a cena de um parto, só que pela boca, acompanhando um suco verde gástrico (ácido estomacal ou bílis, não me lembro exatamente).

Por isso, pensem três vezes antes de ouvir qualquer coisa do JQ. Pode ter uma mulher grávida por perto.

Mundinho capitalista miserável

Nenhum comentário:
E despresível, não se esqueçam.

Sério. Olhem abaixo a lista de coisas das quais eu tenho certeza que qualquer um com acesso a informação quer:

1)iPod: Desses é o único que eu vi alguma vantagem. Dá pra você levar suas músicas a todo lugar - e com a versão vídeo, praticamente é uma televisão portátil.
2)HDTV: ou TV digital. Porra, extrapolaram. Irão gastar milhões para implementar a porra de uma Tv que eu tenho certeza que metade da população brasileira (e me refiro às classes menos privilegiadas, as reais pessoas que fazem esse país ir pra frente) sequer sabe o que é. Isso quando elas tem tempo de assistir.
3)Notebook:É, eu queria um desses também. Mas infernos, para que? Levar serviço para todo canto? Não desconectar nem fodendo? Fala sério, é o tipo de vida que eu não quero pra mim. Tenho coisa mais importante para fazer dela. Claro, bem usado é algo bom - por exemplo, um dos diretores de arte da DM9 trabalha com um PowerBook e um iMac. Produz em dobro e não vive conectado - além de deixar o PowerBook na empresa.
4)Carros/Motos: é, todo mundo adora viver no seu mundinho fechado sem ter nada lhe tocando (depois eu que sou anti-social, né?). Quer dizer, milhões pensam em ter carro, compram o carro e aí temos milhões de carros andando por aí.
Lindo. Mas esquecem que, quanto mais carros, mais congestionamento, mais tempo perdido no transito, etc, etc,etc. Moto não foge muito disso, mas pelo menos dá pra cortar o trânsito do pessoal que pensa que carro resolve todos os problemas.
Não digo abolir de vez as conduções próprias, até por que se isso acontecer, teremos uma crise no sistema logístico do país. Mas infernos, quando o ônibus que eu pego entra no corredor dele (desde o ponto final até onde eu desco), ele leva meia hora para atravessar um ponto em que, de carro, eu levo uma hora e vinte.
5)ADSL: queremos informação. Respiramos informação. Comemos informação no café da manhã. E nada melhor que ter um acesso rápido a essa informação. Tá deixando de ser inútil e luxuoso e virando algo útil, admito. Mas com as taxas e tarifas, francamente, dá vontade de desconectar do mundo.
6)Computadores melhores: fala a verdade, você acaba de comprar seu computador, instala tudo que tem direito e depois reclama que ele é lento. Típico.
Aí quando sai aquele pentium triple X com 5 gigas de memória, hd estrupante de 800 gigas e tra la la la de espeficicações, você fica querendo ele.

Não que a modernização fosse algo ruim. No começo do século passado, tínhamos doenças a torto e a direto, você não podia ter um ataque cardíaco que você já era, até mesmo uma simples gripe podia te matar. Hoje em dia conseguimos uma cura para a maioria das doenças fatais de antigamente - ou pelo menos, algo que amenize. Pra isso a modernização prestou, mas aliar ela ao capitalismo&consumismo de hoje em dia é demais.

Ahn? Ah, querem sempre mais e melhor? Claro, como não, é direito seu. Mas lembre-se, estamos num país fodido que só consegue exportar mulher, futbol e música (que, diga-se de passagem, eu não gosto).Ou seja, coisas caras = povo cada vez mais fodido.

Quem precisa de faculdade?

Nenhum comentário:
Querem um retrato do ensino "superior" do Brasil? Um retrato realista?
Pois bem, não vão à faculdade. De jeito nenhum. Nem cheguem próximo às portarias.

Vão aos bares ali perto. Contem a quantidade de estudantes, principalmente às sextas feiras. Melhor ainda, vejam quantos estudantes cruzam seu caminho indo para o bar.

Depois conta quantos que você viu indo para a biblioteca da faculdade.

Aí você ve bem o retrato do ensino.

A educação brasileira literalmente anda bêbada.

Ok, pode ser pegação minha no pé do pessoal, claro. Afinal de contas, tudo mundo ali é maior de 17 anos, sabe o que quer da vida, não? Principalmente em faculdadde particular, que a maioria trabalha o dia inteiro, né?
Afinal de contas, eles merecem o(s) chopp(s) que bebem depois de um dia estafante de trabalho. Uma Happy-hour que vai das 7:00 pm às 10:30 pm. Afinal, a vida é uma diversão mesmo...

Claro que é implicância minha. Afinal, estamos pagando mais de trezentos reais / mes para que? Absolutamente para fazer algo que podíamos fazer de graça, mas precisamos esbanjar recursos, oras bolas.
Ah sim, não podemos nos esquecer nunca, se alguém tenta nos chamar para a aula, vamos dizer que a pessoa é uma chata idiota e retardada que só pensa em trampar...

Pelo menos foi o que eu percebi. Explico: ano passado, fecharam um carro que comercializava bebidas alcóolicas (also know "cachaça","cerva","vodka" e por aí vai). Foi um furduê desgraçado, paralisação e o caralho a quatro. Como eu pago a faculdade, me dou ao direito de só fazer paralisação se o professor faltar e não tiver substituto (Caralho, mais da metade do meu salário vai ali). Me chamaram e eu disse que não ia, ia pra aula. Chamaram de novo, irritaram, me ofenderam, ao passo que eu respondi: "Pra que bar do Alemão? Só aumenta a quantidade de bêbados depois do intervalo mesmo".

É. A verdade dói, eu sei, mas eles pediram.
Deu uma briga desgraçada, consegui, só com essa frase, o ódio de 25% do campus. Com efeito viral, pois cada um ali cuida da vida alheia.


Passado o furdúncio todo, tivemos férias. E ontem voltei as aulas, só para ver nego se matando para pegar um copo de cerveja - mas foda-se entrar para a aula.

São essas coisas simples e meigas que me fazem cada vez mais desistir de conseguir diploma e partir de vez para o auto ditatismo.

Postado por Guilherme Batista, em 15/01/2007

Nenhum comentário:
g | You'll never take me alive! diz:
caralho, subiu um cheiro de morango aqui

André diz:
não gosta de morango ?

_g | You'll never take me alive! diz:
gosto dele em duas ocasi�es: com creme de leite / chantily, ou com mulher
se bem que sou arisco e desconfiado de tudo mesmo...

André diz:
uhauauahuahuah
com leite condensado também é bom

_g | You'll never take me alive! diz:
prefiro creme de leite
leite condesando é bom com mulher tb ;D

André diz:
uahuahuahauhauhauha
qualquer coisa vai bem com mulher

_g | You'll never take me alive! diz:
não
peixe podre, por exemplo

André diz:
é
ARGH!!!
SEU NOJENTO

ACESSO RÁPIDO

STAY IN TOUCH

COPYRIGHT Guilherme Batista

Todos direitos reservados