Publicidade

Acesso rápido

Diário de Férias

Postado por Guilherme Batista, em 22/12/2009

Nenhum comentário:
PRIMEIRAS "FÉRIAS" da minha vida, eu preciso compartilhar, minha gente.
"Férias" pq é apenas o tempo de recesso da empresa, aquela época maravilhosa em que todos nós nos afastamos do mala do mídia, daquele imbecil da criação e da tesudinha do atendimento; e "férias" pq é a primeira, eu disse PRIMEIRA, em 6 anos de carreira que eu tenho esse direito sagrado, conquistado com muita luta, suor, esforço e horas extras no último mes, para entregar o site do cliente mais importante até então.


Sim, pq depois vem outros, você se fode mais e só depois do furacão passar que nego lembra de comprar a proteção anti-furacão, ou, no caso, um assistênte. Sem contar que, no meio do turbilhão, nosso até então programador largou o projeto no meio do caminho E tentou embromar a galera quando questionados a respeito do que ele supostamente deveria ter feito (descontando a parte em que eu falei "NÃO MEXE NISSO QUE EU TE PASSO AS COORDENADAS DEPOIS", mas essa PELO MENOS os chefes estavam cientes E eu escapei ileso da história). E o novo programador, antiiiiiiigo conhecido meu, da época em que eu fui gerente de projetos, fez o trabalho todo em menos de 1 dia. E ainda fumou um cigarrinho post-coitum

Nerdwork é tudo na vida, como eu sempre digo. Mas enfins, divago. O parágrafo anterior era pra ter sido um PUTA XINGAMENTO À ATITUDE DO FDP, mas tuuuudo bem, eu sou profissional e certas coisas não me atingem. Só me fodem de vez no trabalho mesmo e...

... ok, parei.


Enfins. Hoje começou a curtição, com uma ligação pro celular, às 8 da manhã, horário do meu décimo sono:
-Filho, acorda, você não vai trabalhar seu vagabundo?
-R.E.C.E.S.S.O.C.A.C.E.T.E.

Meu humor de manhã é sempre algo contagiante, especialmente sem café da manhã.


AO longo do dia fui fazendo coisas que eu tinha esquecido que dava pra fazer. Começando por lembrar que esqueceu de pagar o seguro do carro (é, você leu certo...), pegar o dinheiro que ficou separado 4 dias na sua mochila e VOAR PRO BANCO, dado que o vencimento do maldito é hoje e, por alguma razão bizarra, você achou que ele deveria ser pago no dia 28. Álias, foi o celular quem me lembrou.
Nunca mais deixo de usar o programa de agenda de qq celular que eu vier a ter futuramente.

Após 3 horas de ida ao banco, enfrentar fila (pq.essa.porra.só.pode.ser.paga.no.caixa?) e voltar pra casa, minha barriga me avisou que era tarde do dia, e que até então eu não havia comido porra nenhuma que não um cacho de uvas pela manhã.


Aproveitei o embalo e limpei as janelas dessa casa. E elas estavam num nível de pó que eu desacreditei. Tipo, eu estou localizado há 30km de qq coisa civilizada de São Paulo, e como assim, essas janelas juntaram poluição?
Aqui é tão atrasado que nem poluição tem, cacete.


Após isso, resolvi levar o dálmata para passear. Pegar aquela coisa pintada sem vergonha e filha da puta e levar pra passear. O povo daqui é mais capiau do que em Aracaju, por exemplo, e não pode ver um dálmata que já quer avançar e ver como ele é.
Isso não seria um problema se ele não fosse um covarde paranóico e saísse correndo de medo só de um mosquitinho bater nele. Sério. Esse cachorro tem sérios problemas psicológicos.

Como o dono dele, que é meu irmão, diga-se.

Mas divago novamente. Não gosto de levar ele pra passear. Não, não tenho problemas em levar cachorros para passear, o problema é levar ESSE cachorro. A coleira (COLEIRA, veja bem, aquele troço que passa em volta do pescoço e que todo mundo chama de coleira, mas que minha namorada teima em chamar de "enforcador") é um pouco grossa, e ele tem uma cabeçinha PEQUENA (mesmo). Então, toda vez que saímos pra passear, que o fdp faz? Se segura, se arrasta, se joga pra trás até a coleira escapar pela cabeça dele E ele poder sair correndo pelos próximos 400 metros sentido norte.

E ainda para me olhando com uma cara de sarcásmo que não é natural. Alguém deve ter ensinado isso pra ele, e eu estou desconfiado que foi a namorada.

Ham



Claro que, como sou a porra da peça mais importante da empresa, eu TINHA que receber um email com um job.

E depois da minha devida resposta educada ("aonde eu enfio isso no site do cliente, caralha?"), eu fiquei esperando a resposta. Que não veio até agora.

Enquanto isso, sigo eu indo estudar Action Script Lite.
E desenvolvimento mobile.
E AS3
E java.





Guilherme se pergunta se vai dar conta do tédio dos próximos dias.... SIIIIIIM, vai.



Morte a todos os motoboys, motoqueiros e "moto manos"

Postado por Guilherme Batista, em 20/12/2009

2 comentários:
É, o título está certo mesmo. Faça um favor a esta cidade e FECHE todos os motoboys, motoqueiros e quaisquers seres que vocÊ ver em uma moto popular (leia como Honda, Suzuki e Dafra). Feche, atropele, dê ré e atropele de novo e faça com que o filho de uma puta caia na pista do sentido inverso, só pelo prazer de ver o cidadão se foder de novo.


Explico: hoje, sábado, tive que levar meu carro zero, novo, do ano, e que não tinha nem 3 meses de uso direito, pro conserto. E nem foi por cagada minha.
Estava eu na casa da namorada, com o carro parado lá na frente da portaria (pq não tem vaga no estacionamento do prédio, o povo aqui é filho da puta e não aluga vaga mensal - é, eu disse "ALUGAR" a vaga; eu ia pagar de boa a vaga, mas isso não é problema agora), quando eu ouço o interfone tocar. Fui lá atender e tá lá o porteiro falando desesperado:

-oooOooOoO Guilhérme, deu problema aqui no carro mano, um motoboy passou raspando a bota e além de arranhar seu carro ainda arrancou o retrovisor do lado do motorista.

E, detalhe, o bicho tava parado lá desde o meio dia. E arrancaram às 3 da tarde.
Ou seja, meu carro estava parado há pelo menos 2,5 horas ali, quieto. E não fechei motoboy nenhum nos últimos meses - muito pelo contrário, eu costumo dar preferência pra esses filhos da puta pq, segundo o cfc, você tem que dar prioridade para quem pode se foder mais, para quem for mais frágil.

Tipo nessa ordem de prioridade:

Trem (pq não tem um sistema de freios igual o os outros veículos) > Ambulância e veículos com sirene > Passageiro de ônibus > Pedestre > Motoqueiro > Carro > Eu.


Chega dessa merda. Vou passar a foder com todos os motoboys da cidade. Fecharei todos eles. Farei questão de atropelar os filhos da puta. Tipo passar por cima mesmo, depois dar ré e passar por cima de novo e aí engatar a primeira E PASSAR POR CIMA MAIS VEZES, até conseguir um 99 hit combo. E de quebra, descerei do carro, pegarei o capacete do filho da puta e baterei no desgraçado com o artefato.

Daê eu jogarei o pedaço inútil de merda no outro lado da pista, sentarei e ficarei assistindo o massacre que se seguirá.

Virarei herói nacional, mano.


Pior que eu conheço a cabeça desses cornos filhos da puta. Dois irmãos meus são motoqueiros e um cunhado meu tb é. E sim, todos eles já arrancaram retrovisor de neguinho. Todos eles reclamam do motorista ter o ponto cego (como se fosse pecado você não enxergar um trecho que dá pra esconder um CAMINHÃO). Todos eles falaram que eu deveria respeitar "motomanos" pq são uma classe unida.

Classe unida é meu cu, e de agora em diante não vai ficar um de pé.

Ao menos o retrovisor tá la´, inteiro, novo e trocado, pq economizar nisso é burrice e atitude de isento de merda, que compra moto só pra não pagar ipva e parcela mais caro e arranca retrovisor de gente inocente por aí.



Mudando (pero no mucho) de assunto, outro dia eu desci na estação berrini e fui andando até o trampo. É coisa de tipo, 30 metros, mas desses 30, 20 são da Marginal Pinheiros, sentido zona sul, mas o lado que eu ando seria contramão se você estivesse num carro e daquele lado da pista.

Eu, andando na calçada. E justamente passa ZUNINDO, tirando fina e me jogando na grade do QG da claro, um MOTOBOY. E tirou fina com mais duas pessoas, sendo uma delas uma grávida que tava vindo da Claro.

Um motoboy passou tirando fina com todos os pedestres. Na contramão. Pela CALÇADA.

E tinha ser isento. Pq você não vê um cara dirigindo uma BWM RT1200A fazendo esse tipo de cagada.


Engaje essa campanha e atropele você também um motoboy. Você ajudará o trânsito da sua cidade a ser mais tranquilo e menos perigoso.







Guilherme se sente bem



Postado por Guilherme Batista, em 06/12/2009

Nenhum comentário:
Tipo, já estamos em DEZEMBRO?




PS: desculpem a falta de postagens. Muito trabalho, muito estresse e apenas eu pra produzir 70% do que deve ser produzido na empresa. E trampando no fds tb :~





Guilherme precisa de férias.



E na casa de espetinhos...

Nenhum comentário:
-Vamos pegar um misto, um de linguiça, três de picanha, dois de pão de alho e... eles tem porção de mandioquinha frita?
-Mas você não gosta de mandioquinha frita!
-Ahn... não gosto?
-Não!
-Tá, então vamos pegar de polenta frita mesmo :D
-SEU TONTO, VOCÊ ESQUECE DO QUE GOSTA?
-...
-...
-..
-.
-Sim.
-HAHAHAHHAHAHAHAHHAHAA
-EHEHHEHEHEHEHHEHEHEHHEHEHE
-HAHHHAHAHHAHAHAUEHUAEHAUEHAU
-CUTICUTICUTIGAH
- :D


Taí a definição de um fds feliz.





:D



ACESSO RÁPIDO

STAY IN TOUCH

COPYRIGHT Guilherme Batista

Todos direitos reservados