Publicidade

Acesso rápido

Por que nunca se deve embebedar uma mulher para fodê-la

Postado por Guilherme Batista, em 08/10/2008

Eu vivo dizendo que tenho "mimimi trauminha de mulher muito chapada", certo? Hoje vocês conhecerão o porque:

Uma bela noite [em que meus pais estavam far far away, meu irmão namorando e minhas irmãs tinham acabado de casar] eu escolhi uma garota random por aí, num bar perto de casa, e ficamos conversando. Papo vai, papo vem, ofereci uma espanhola pra menina e ela aceitou.


Depois paguei um whisky. E algumas cervejas, fora a caipirinha de saque.


Nem preciso dizer que a mulé ficou fácil, certo? É contra os escrúpulos de um macho pegar mulher bêbada (ela tem que estar sóbria), mas pro inferno, eu tinha 16 anos, muita testosterona, pouco cérebro e quase nenhuma experiência sexual-afetiva tirando uma namoradinha na época.


Consegui levar a dita cuja pra casa, e já na porta começamos os amassos. Puxa daqui, estica de cá, joga dali e puxa pra lá de novo, deixei a garota pelada [e eu vestido]. Fomos subindo pro quarto [e eu vestido], se pegando em várias paredes [e eu vestido]. e quando finalmente coloco ela na cama, ela senta no meu colo, me abraça fortemente, diz algo beeeem sexy no ouvido, começa a puxar minha camiseta e...






...vomita em mim. E na cama.



Aquela vadia :(

Nenhum comentário:

ACESSO RÁPIDO

STAY IN TOUCH

COPYRIGHT Guilherme Batista

Todos direitos reservados