Publicidade

Acesso rápido

Dúvidas impertinentes

Postado por Guilherme Batista, em 25/11/2008

Um comentário:
Eu nunca fui aquele modelo típico de adolescente complexado. Álias, nunca fui complexado: se tenho alguma dúvida sobre a vida, simplesmente ligo o foda-se e escolho a opção que vai acalmar minha consiência e permitir que eu vá fechar os olhos depois das 2 da manhã. Isso sempre cobrou seu preço, pois por vezes temos ações que são consideradas estúpidas, que nenhum ser em sã consiência faria, mas graças à impulsividade você as toma assim mesmo. Acho que até mesmo a bomba atomica foi lançada numa decisão impulsiva dos E.U.A., tipo para resolver algo pelo caminho mais curto - e colocando algo sob esse ponto de vista, quase nenhuma solução me parece estúpida.


Enfins, voltando ao foco inicial, eu nunca tive problemas de identidade adolescente. Quem sou eu? O filho da puta que cruzou seu caminho e que você ou vai aprender a amar na força ou vai ganhar ódio eterno. O que eu farei da minha vida? Irei passar a vida enchendo a cara de whisky e cana da boa tão logo eu fique rico, mas não importa muito os meios para atingir isso - sim, eu sempre fui meio maquiavelista. Por que as pessoas me odeiam? Vou lá saber, se elas quisessem falar já teriam aberto a boca.

Nunca tive problemas de me definir, ao menos não até recentemente. Melhor explicando, até uma série de fatores, tais como um excesso de demissões, brigas familiares, dívidas acumulando atrás de dívidas e eu sem a menor visualização de como resolver isso, me fizeram tremer nas base, criatura! e fazer coisas nunca dante feitas, como por exemplo, perguntar "o que foi que eu fiz de errado, meu deus?!". Para um cara que sempre foi e sempre será arrogante, pe uma péssima pergunta - significa que você está pensando muito e agindo pouco.


Pois bem, o ponto principal de quase tudo é que eu tive uma série de problemas empresariais [para não falar "Excesso de demissões na carreira"]. Num primeiro momento, pensei que eu tivesse realmente fazendo merda - como agir de maneira arrogante, como se eu ainda fosse o chefe, dado que já fui e só fui demitido graças à um pequeno complo, história para outro dia.

Então baixei a crista, fiquei educado e parei de gritar ordens. E, lógico, continou não dando certo. Certo, então eu passei a entregar jobs no prazo e a chegar no horário nas empresas. Mentira, passei apenas a chegar no horário; entregar coisas nos prazos que as empresas dão requer coisas como ser vinte, ter cinco máquinas disponíveis e dedicação total ao projeto - coisa que é impossível para qualquer um na área que estou, uma vez que me apresento como um funcionário multi tarefa [e de fato o sou], mas não mágico-milagreiro-deus. Uma das empresas, por exemplo, me demitiu meramente por eu dizer que um determinado site era impossível de ser feito em um dia - isso incluia layouts, programação e cadastramento de base de dados e outras coisas. Se fosse um hotsite, beleza, eu dou conta em menos de três horas, mas era um puta site de conteúdo absurdo pedindo coisas como papervision 3d, ajax, ruby on rails e upload de vídeos, além do design.

Vendo que a coisa ficava realmente fora do controle, fui para uma área diferente, de consultoria digital. Digamos que os serviços foram ótimos - em menos de duas semanas, eu estava com duas apresentações para diretores do bradesco, cartões de natal, frameworks, blogs coorporativos, etc, etc, no portifólio. Tudo feito certinho, com a melhor execução possível e imaginável até mesmo para empresas grandes como a DM9 ou a DPZ. A vida parecia boa nessa empresa, mas um pequeno problema de ordem financeira deles fez com que eu fosse demitido. A merda toda vocês acompanharam por aqui, mas fica a dica: se tivessem comprido o contrato ou tivessem falado comigo antes, eu teria dado um jeito e, sei lá, fazia da minha casa a coisa até desapertar pra eles e me pagarem direito. Mas como resolveram falar que eu estava errado, tive que apelar. Problema deles agora.


Pois bem, essa série de demissões me fizeram pensar em algo que eu tinha planos de começar laaaá pelos 23, 24 anos: uma pequena empresa. Sim, eu comecei como freelancer, como uma empresa de um homem só. Percebi que eu tenho quase toda a logística para isso.

Então, esse texto gigante ta aqui só para dizer isso: agora eu sou um profissional freelancer full time. Então, precisando, tamos aí. :D

Como superar um trauma

Postado por Guilherme Batista, em 22/11/2008

Nenhum comentário:
Então, recentemente eu tive um pequeno problema com pombos. Alguns dos penácios estavam se aninhando no telhado de casa, fazendo um arrulho infernal e impedindo os moradores orginais da casa de dormirem direito - no caso, nós.

Pois bem, dado a questão qeu eu estava livre e desocupado, e meus pais em casa, resolvemos que seria útil para nós nos livrarmos das malditas pragas.

Certo, então fui lá eu, todo lindo, pegar uma escada e tapar os buracos das paredes do telhado, pelos quais eles entravam.


No caminho carregando a escada eu tropeço e caí. Como eu fui fazer isso, não interessa, mas interessa que envolvia uma outra escada de azulejo pela qual eu deveria passar. Como dizia, eu caí, carregando uma escada grande e pesada de madeira. A dita escada fez um duplo twist carpado mortal esquerda, e na falta de coisa melhor para atingir, acertou meu olho esquerdo.


resultado: uma sutura, pontos arrebentados no meio da noite, mais sutura e a constatação médica de que perdi 20% da visão do olho esquerdo - a escadada atingiu em cheio a córnea. Não me pergunte como, só sei que foi assim.


Passado o baque inicial, ao invés de eu ficar de mimimi 'perdi a visão mimimi vou ficar cego mimimi ninguém me ama', sabe qual foi minha primeira reação?

"Puta que pariu, agora que eu vou perder o foco nas coisas, já que não terei uma visão clara de mais porra nenhuma"


QUe fique de aprendizado. Nenhum trauma é tão duro que não possa ser superado com um pouco de sarcásmo e auto ironia :D

Key words

Postado por Guilherme Batista, em 17/11/2008

Nenhum comentário:
"putas gordas do embu onde encontrar para comer"
Você pode achá-las no CAIPIRÃO, ou na cidade local mesmo.

Sim, a porra do bar mais balado da cidade se chama O CAIPIRÃO. Entende agora um dos motivos para eu ter raiva daqui?

"ínternet ensinando "
"Conzertesa" não foi bem sucedida...

voce é um ser humano deploravel safada
eeeé a arte do insulto ensinando aonde botar esse mulherio no seu lugar. E chifrs na testa

vida de puta
É foda. Álias, é uma foda atrás da outra, e nessa vida, ela ganha mais numa noite que você em um mes.

Morra de inveja. Aonde eu viro puta?

vai tamo no cu porra to cansada de amar e nao ser amada
Quem foi a mal comida aê que chegou aqui através DISSO?

usa o pão para fazer almôndegas
Eu costumo usar carne.

traveco comndo cu de macho e batendo na cara dele video e fotos free
Olha, meu caro cara gay, eu adoraria te ajudar, mas travecos você pode achar na Rua Augusta, acho que do lado que vai pro centro. E no Jóckey Club, o famoso jóckey club.

taturana verde
É uma coisa nojenta.

tirar pelinho roupa preta
É outra coisa nojenta

tailandesas peladas
É uma coisa mais nojenta ainda. Tailandesas tem a buceta verde de sífilis.

putas tailandesas
Eu falei que tailandesas tinham fama...

ruiva e peitos ,ruiva com uns peitão e ruiva peitos
É uma coisa linda que faz ter orgulho de ser homem.

ricardo crucelli
É uma bichona que deveria ser empalada.
E é meu ex chefe também


respotas ignorantes - insira aqui 85 variações de "respostas ignorantes" (POUTZ!)
-"VÁ TOMAR NO OLHO DO SEU CU, FILHO DA PUTA!"
Se você usar o tom de voz certo, até seu cachorro se sente culpado.

receita para uma noite inesquecivel
Pegue a mina mais fácil da noite e entupa ela de álcool e toda a sorte de drogas que você puder ter. Você tem que ser preferêncialmente virgem. Leve-a pra casa dos pais, começe as preliminares e quando terminar de tirar a roupa dela - e estando você vestido - deixe-a vomitar liiiivremente em você, na sua cama, suas coisas...


... garanto que você não vai esqueçê-la por uns quatro anos, no mínimo.


pos graduação "lato-sensu em reprodução humana"
Isso foi um nerd querendo pagar de comedor.

pedro cortado urologista
EEEÊ, ironia, sempre presente onde a gente menos espera!

msn putas, msn garotas de programa, msn de putas garotas de programas
Lamento, aqui não tem isso. Tente no M Class

minha namorada é ruiva
Dê graças aos céus por ser sortudo, xará.

gif de frango depenado
AHEUAHEUAHEUHAUEHAUEaHEUAHEuAHEuaheuAHEuhaeuAHEuAHeuAE LOLz

faveladinha trepando
Juro que não quero imaginar essa cena.


voce sabe como jogar freecell
Sei. E saber disso não me fez esquecer a cena da faveladinha trepando.

fase de triste de adolescente
É aquela em que a criatura cheia de espinhas descobre que tem uma faveladinha trepando, e ele não.

embebedando uma mulher
Olha rapaz, eu não recomendo.


Exceto se ela for uma faveladinha. Catzo, essa porra não sai da minha cabeça :(

como se faz uma besta
COM UMA FAVELADINHA TREPANDO E PROCRIANDO!

como embebedar mulheres
Fale da faveladinha trepando. Quando ela começar a rir, vire a garrafa de 51 na boca dela. Simples, não?

blog bucetinhas apertadas
Aprenda: não é a buceta que é apertada. É ela que não lubrificou o suficiente. Então, trate de por mãos, bocas e tudo o mais que tiver em obras!

animar os amigos
Dê-lhes uma dedada anal. Garanto que se animarão ANTES de voce chegar com o dedo perto.
Nenhum comentário:
A última postagem teve quatro comentários


QUATRO OMG! **morre** **ressucita**


Quer dizer que é eu falar que me fodo que vocês comentam, né? Seus merdas :P

E os direitos trabalhistas foram pelo ralo de novo

Postado por Guilherme Batista, em 14/11/2008

9 comentários:
Recentemente fui contratado por uma empresa, como prestador de serviço deles. Tipo "terceirização da terceirização" mesmo. Beleza, mas o problema é que resolveram me registrar como CLT e recebendo parte como PF


Sacou? Teoricamente, eu tenho registro em carteira, mas na prática, eu sou uma pessoa jurídica. Algo me diz que isso é ilegal, e muito, mas até eu ter certeza, ficarei de boca fechada. Como, nesse caso, não tenho algo para apresentar de real - já que nem o famigerado registro da minha CLT saiu ainda - apenas o contrato verbal, não posso chegar na voadora de dois pés nas tetas gordas dos diretores dessa empresa.

Mas posso chegar na voadora por outro motivo, um bem mais grave. Pagamento.

Ou melhor, a falta dele.

A saber, trabalhei dos dias 21/10 até 07/11. Contem aí no calendário se quiserem, a conta certa dará 14 dias úteis trabalhados certinho.




Vão lá, eu espero.




Pronto, 14 dias, certo? Pois bem, teoricamente, eu deveria receber por 14 dias, certo? POis é, aparentemente,alguém naquela empresa discorda disso. Como no email abaixo, que eu tive que ajustar graças ao serviço de webmail deles:


Em 13 Nov 2008, Trícia_Fiuza escreveu: >--> > > Não, o trabalho realizado no mês anterior é pago no mês seguinte... > > É assim, ex: trabalha-se janeiro recebe-se até o 5 dia útil do mês de fevereiro.

Se o salário contabilizado fosse de R$1200,00 vc teria recebido algo >em torno de R$ 340,00

A conta é a seguinte: R$2000,00-5% = (R$1900,00 / 30 >dias) = R$63,33dia * 9dias = R$570,00

Esta correto Guilherme, no próximo mês você receberá R$1900,00 líquido respectivo ao mês de novembro integral trabalhado.

Atenciosamente,
Trícia

De: Guilherme Batista >[mailto:guilherme.batista@lwtech.com.br] > > Enviada em: quinta-feira, 13 de novembro de 2008 20:29
Para: tricia@lwtech.com.br
Cc: ''Sarah Ferreira''
Assunto: Re: ENC:_Colaborador_Guilherme_salário
Trícia, Não deveriam ter sido contabilizados 14 dias trabalhados? De 21/10/2008 a 07/11/2008 Se for contar pelo salário atual, meu salário terá sido de R$1.200,00...

Em 13 Nov 2008, Trícia_Fiuza escreveu:

Guilherme, bom dia!
Veja posicionamento abaixo, por favor sinalize caso ainda esteja com dúvidas. Atenciosamente,

Trícia

>De: Alexandre Davidiuk >>[mailto:alexandre@lwtech.com.br] > >
Enviada em: quinta-feira, 13 de >novembro de 2008 10:15 > >
Para: 'Trícia Fiuza' > > Cc: 'Sarah >Ferreira' > > Assunto: RES: Colaborador Guilherme salário > >
Tricia,

A data de início do funcionário consta como no dia 21/10/2008, ou seja, foi calculado proporcional sobre 9 dias descontados os 5%.

Depósito de R$ 570,00. Confirme com a Sarah a data de >início, e caso >seja esta, a situação está correta.

Alexandre

De: Trícia Fiuza [mailto:tricia@lwtech.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 12 de novembro de 2008 21:08
Para: 'Alexandre Davidiuk'
Cc: 'Sarah Ferreira'
Assunto: Colaborador Guilherme salário
Alexandre, boa noite, Por favor, o colaborador Guilherme sinalizou incoerência no depósito de seu salário, (Verba total R$ 2.000,00)

Como podemos proceder para o confronto desta situação?
Posso contar com a Sarah como intermediadora?
Passo direto para você?
Resolvo eu?
Aguardo sua orientação ou apuração para esclarecimento.
Obrigada,
Atenciosamente,
Trícia de Alencar Fiuza > > Gerente >de Atendimento > > tricia@lwtech.com.br > >> LW Tech Comm > > Av. >Eusébio Matoso, nro 690, > > 7º >>andar - conj. 701. > > CEP: >05423-000 - São Paulo - SP - Brasil >> > Fone: 55 11 3037-8735 / 8510-7871 > >__________ NOD32 3607 >(20081112) Information __________ > >This message was checked by NOD32 >antivirus system. > > http://www.eset.com > >---------- > >



Tá confuso, mas o email tá pior. Olha aqui ele. Ao menos tenho a porra toda registrada.



Então foda-se a ética: o nome da empresa é a Lw Tech, cujo site de dar dó vocês podem ver aqui. Segunda feira eu baixo no ministério do trabalho pra denunciar esses caras, e ponto final.

As coisas que já fui

Postado por Guilherme Batista, em 13/11/2008

Nenhum comentário:
Primeiro, assiste esse vídeo aqui:

Link do vídeo, clica aqui!

Vai lá, eu espero aqui. Juro que não vou fechar o blog nos prómixos oito minutos, tempo suficiente para você carregar e assistir esse vídeo.






...






Da hora pra caralho né? Então, esse vídeo me deixou inspirado a fazer um textículo contando das coisas que já fui ou fiz. Não, não vou colocar aquela época que eu era puta mal paga na augusta, essas coisas a gente não conta e...

... droga, falei demais.

Ok. Já fui bom filho. Já fui astrólogo, já fui macumbeiro, já fui bêbado [e minha família não ficou sabendo. Ops, agora ficou :)], já fui ladrão, já fui office boy, já fui conquistador, galanteador, sexy e lindão. Já fui magro, muito magro, e já fui mais gordo, bem mais gordo. Já fui jardineiro, já fui operador de maquinário gráfico. Em alguns devaneios já fui jornalista, mas já fui viciado - de certa forma, mas já fui. Grazadeus eu me livrei daquela merda toda de maconha e cocaína, isso detona o cérebro de qualquer um com um excesso de uso. Já fui mentiroso, muito mentiroso. Já fui verdadeiro, muito verdadeiro. Já sou sincero, mas omisso por vezes

Já fui carteiro, já fui digitador. Já construí uma casa, já reformei uma casa, já sofri com a destruição do telhado da casa - e de boa parte da frente. Já fui mais ligado à minha família, embora ainda conviva com eles, minha órbita é outra - e é triste quando essas órbitas colidem :/. Já fui sapateiro, já fui músico baterista e já fui mais ativo, por falta de sexo. Já fui pobre, não de estar miserável, mas de ter apenas o básico do básico e olhe lá. Já fui depressivo, já fui enganado, já fui enganador, muito e pouco dos dois. Já toquei piano, já mergulhei em caixa da água. Já fui religioso, defendia a religião com unhas e dentes e saia na porrada com TJ's. Já fui vendedor, já fui eletricista, já fui síndico, já fui cobrador. Já joguei roleta russa [de verdade mesmo]. Já fui mitologista grego; já fui cético, já fui ingênuo, já fui esperto. Já fui idiota, já fui inteligente, já fui imbecil, já fui esperto. Já fui cientista físico também. Cientista químico. Cheguei perto de ser cientista matemático, mas peguei nojo de matemática avançada. Deve ter algo a ver com


Hoje sou apenas eu mesmo.

E já fui muito, muito infeliz. Daqueles infelizes vazios. Tinha algo que faltava aí. Outro dia achei o que faltava, e mal acredito que estou há um ano e meio com esse algo. Vocês já sacaram quem é, só fica a frase final para destoar com o resto do texto: eu te amo

Postado por Guilherme Batista, em 09/11/2008

Nenhum comentário:
Seria bom de vez em quando admitirem que estão errados, principalmente quando você fala, álias, informa, álias, avisa, que nego fez merda.


Daí faz uma cara emburrada, fala que eu to aporrinhando e me xinga. Tá. Depois espera que eu vá ficar feliz e agir como se tudo estivesse bem - mas não está, pois eu acabei de ser xingado à toa - e espera que vá se agir com bom humor e felicidade em tudo que vá fazer. Sim, eu atirei aquele celular na mesa - o MEU celular, teje claro, e eu faço o que quiser com ele - pq na hora estava com raiva, muita raiva, de ter falado e simplesmente não ter sido escutado. Ninguém é hipócrita por ser educado, isso nunca foi mesmo. Hipócrita se é quando se começa a ser educado E a agir como se fossem amigos de infância, e tudo o que eu pedia era apenas para agir com educação e SEM dar distinção que não se gostam mutuamente. Ah, tem o mimimi de falarem mal? Engraçado, eu ouço tem quase um ano e meio que o seu lado da família fala mal de mim, e até hoje não cheguei a destratar ninguém em absoluto.

Depois pergunta pq eu simplesmente pego minhas coisas e saio. Já que não me ouvem e eu aporrinho geral, então é melhor eu ficar longe mesmo. Assim deixo de ser um estorvo e de pedir para serem hipócritas com a minha família

Postado por Guilherme Batista, em 06/11/2008

Nenhum comentário:
Engraçado, é você falar que acha tal coisa melhor que a outra que vem vinte pessoas no twitter tentar te convencer que você é um babaca boçal que deveria ser empalado por ser um usuário comum e não gostar de linux.


... isso só serviu para eu reforçar minha opinião de que esse OS é uma bosta, considerando o nível dos usuários dele...


... enfins. É engraçado, você fala "gostava de mamonas quando novo, hoje eu acho uma bosta", por que você viu mesmo que a voz alterada do [pica]dinho*, e ele cantando errado com palavras erradas e num tom completamente pastelão simplesmente [b]não[/b] é mais engraçado. É ridículo, e você sente vergonha de si mesmo por ter gostado da coisa a tal ponto de imitar o cantor na sua mais tenra idade dos 12 anos.



Mas o que pega mesmo é que todos, absolutamente todos nesse mundinho de merda se doem por nada. Basta você falar "eu acho" que todos se doem, dá até vergonha da raça humana. Dá raiva da ignorância deles, de critarem seu direito de achar alguma coisa - e não é apenas na internet isso. Não canso de falar aqui as estripulias que tenho com a minha família devido a eu ter um gênio forte e expressar minha opinião sempre, não me importando se vão me zoar depois ou não: é a minha opinião, caralhos.

Enfiem seus linux e seus cds do mamonas assasinas no cu, cambadas de dedilhadores de penis de touro reprodutor. Mas antes me emprestem para eu fazer uma cópia e deixar jogado no itunes, vai que num momento ou outro me dá na telha de ouvir "Robocop Gay" de novo

ACESSO RÁPIDO

STAY IN TOUCH

COPYRIGHT Guilherme Batista

Todos direitos reservados