Publicidade

Acesso rápido

Quem precisa de GPS mesmo?

Postado por Guilherme Batista, em 18/09/2009

Outro dia eu havia baixado um programinha pro celular que usava o GPS nativo do iphone, sem necessitar de conexão com a internet ou blablabla. Não que eu realmente precise; já andei tanto por SP, mas tanto, de ônibus, a pé, carro, moto e bicicleta, que eu simplesmente sei chegar em qualquer lugar que eu queira.

Enfins, o objetivo era testar o bagulho. Foi uma merda: primeiro, pq ele nunca me apontava a direção certa; segundo pq a porra do troço NUNCA adivinhava aonde eu estava. Porra filho, triangulação de antenas de celulares que se foda né?


De qualquer forma, lembrei que eu realmente não precisava de um GPS. E nem você. Hoje em dia, com google maps, é só ir na porra do endereço, digitar de onde você está e digitar aonde você quer ir.


E tem um método mais simples ainda. Chama-se "perguntar para as pessoas". Mas tem que ser para as pessoas certas.


Exemplo: outro dia, iríamos eu, Filipe e Lili (te virem com os links, seus putos!) almoçar juntos. Num restaurante mediano perto do trampo. Que eu fui fazer?

Abre o GPS e manda procurar o tal restaurante.


O restaurante era na berrini. O endereço que fui indicado era já em santo amaro. Bem pra lá da ponte estaiada. No desespero de chegar no horário (quem me conheçe sabe o quanto eu odeio atrasar, nem que seja 2 min), perguntei pros envolvidos como chegava na porra do local.

"É só ir no posto alê"

Ok, mas pra que porra de lado ficava o caralho do posto alê? Se fosse um dia de Fresno Bombar, eu até poderia seguir na direção das emos gostosinhas que tivessem correndo em polvorosa atrás do "Di" - ou dos covers de Jimmi loucos para socar o mesmo. Mas não era o caso. Então, abri o google maps e digitei o endereço.

Tá. Legal. Mas isso aê é pro NORTE ou pro SUL? Pq, pro norte, eu tenho Pinheiros e toda a glória que eu conheço da região (Largo da Batata, prazer), do outro, eu tenho Santo Amaro, com a 13 de maio varrida de camelos (ah, as doces lembraças de andar por aquele labirinto...).

Mandei pro caralho todo mundo, levantei a bundinha gorda da cadeira (após muito esforço e xingamento), desci pro térreo (via escada; é um andar mesmo) e perguntei pros frentistas do posto esso em que porra de direção ficava a tal rua.

Iria perguntar pela direção do posto alê, mas ia ser sacanagem demais com o pobre cidadão.

Pois bem:

"-Segue reto naquele lado até o segundo farol."

Eu tava no restaurante em menos de 5 minutos. E levei 30 pra achar o maldito.

Quem precisa de GPS mesmo?





Guilherme se sente bem



Nenhum comentário:

ACESSO RÁPIDO

STAY IN TOUCH

COPYRIGHT Guilherme Batista

Todos direitos reservados