Acesso rápido

15/01/2009

Wi fi no ônibus

Por esses dias eu li que a Vex, a boa e velha Vex, aquela que pede cadastro dos usuários e cobra mensalmente por uma internet que vai se tornar um tanto obsoleta (prazer, 3G), essa vez, meus senhores, oferece internet Wi fi num trajeto que vai de São Paulo para alguma cidade do Brasil*.


"E daí, ô meu?", me pergunta o típico paulistano que não perde esse bendito costume de usar esse "ô meu" numa conversa**. Daí, meu caro portador de um notebook, que isso significa Mobilidade para você. Ou não!

Explico: o lance da Vex aí é pegar um sinal 3G, jogar ele num roteador e botar o roteador dentro do busão de viagem. Simples pracarai, né?

Se é simples, deveria ser barato, mas eu arrisco que não é barato (apesar de ainda não ter testado....). O sinal 3G seria recebido por um modem, e do modem jogado num roteador. É a uma boa solução até o momento.

A outra é usar um roteador 3G para conexão. E nenhum dos casos a coisa é barata.

Adivinha só pra quem vai a conta no final? PRO CONTRIBUINTE ;)


Enfins, acho que, se você tem um laptop e quer muito uma conexão em qualquer lugar, esqueça o wi-fi, use o 3G. Wifi, para mim, é quando o 3G fica indisponível. E o problema dessa solução da Vex é que, se a net é indiretamente 3G E o 3G ficou fora do ar, pra que vai servir o Wi-Fi?


*saiu de Sampa e ainda está no Brasi, para mim, é "alguma cidade", sempre.
**conversei hoje com uma gaúcha, fazia tempo que não falava com uma - acho que desde que parei de conversar com a ex. Percebi a diferença de sotaques e fiquei vermelho tipo #ff0000 mesmo. Sorte que era pelo telefone ;)

Um comentário:

Amanda disse...

"fiquei vermelho tipo #ff0000 mesmo"? NERD! hahaha