terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

A terra da putaria


olha a mão boba aí

É impressionante como o carnaval no Brasil deixou de ser uma festa saudável e passou a ser a festa da putaria. Tá, ok, faz tempo isso, mas ultimamente tem ficado cada vez mais e mais presente isso.
E o pior, vendem essa imagem ao exterior, como o país do samba.
Que deixou de ser samba faz tempo.

Realiza, vc vai naquele baile carnavalesco, louco pra dançar. Quando chega lá, se depara com milhões de pessoas suadas, sebentas e trepando numa boa, numa variação light de um baile funk - com a diferença que o ambiente é mais iluminado, colorido e toca música baiana que diz, basicamente, pra rebolar e levantar a bunda. Quase a mesma coisa que o funk, como disse.
Aí vc pensa: "quer trepar vai em casa cacete!"
(injustia, diga-se de passagem, se fosse uma celebridade, nego ia filmar. Né cicarelli?)

Então vc se afasta do local e vai para um canto mais afastado e fica olhando a cena deplorável do trenzinho em que ninguém é de ninguém.

Resolve voltar pra casa, colocar uma música alta, fazer um jogo de luzes, chama os amigos (e as moças mais safadas do local), compra bebidas alcóolicas e distribui drogas ilícitas ao povo presente.

Festão hein?

Nenhum comentário: