Acesso rápido

20/07/2009

Rpgistas, Freetards, Macfags e IEfags, tudo farinha do mesmo saco

To admirado como eu simplesmente não consigo pensar em um título criativo nesse horário. Deve ser o frio, ele entra pelas zoreia e bloqueia meu cérebro.

É, o frio. Só pode ser ele. Na dúvida, culpe o clima, sempre ou a sociedade hipócrita, como diz a namorada


Pois bem. Acabei de ler um texto dizendo que o RPG é inocente (em relação a um crime) e blablabla, alguma merda desse tipo que eu sinceramente não tenho mais paciência de ler. Já tive minha época com RPG, faz uns bons anos já, e sinceramente, acho ele uma merda. Começando pelo fato de que 99% dos jogadores dessa porra são adolescentes ou pseudo adolescentes em corpos de adultos, o que os já classifica como freaks demoníacos o bastante pra sociedade.

Ah sim, devo lembrar que eu estou falando do RPG de MESA, não aquela porcaria que a maioria das pessoas jogam pelo computador e acham que é RPG. Dado esse último parágrafo, vamos prosseguir.

Além de ter serem um bando de retardados, RPGistas se acham a última bolacha do pacote. Sempre. Encontre um grupo de RPG, e eles acharam que são mais evoluídos que você*. Como se a própria arrogância dos jogadores de um dos sistemas deles (Storyteller) já não bastasse**.
E ainda acham que toda a humanidade deve saber do que diabos os imbecis estão falando quando começam a dissertar sobre dragões, vampiros e coisas similares. Certa vez, fui expulso do Shop Eldorado por mestrar uma sessão em que os jogadres gritavam desesperadamente que o personagem vampiro deles TINHA DIREITO a vampirar um dragão, e que eles iriam fazer isso eu querendo ou não. Deu medo em todo mundo lá perto, ao passo que eu, como mestre, mantive a calma, sem sequer dar um berro, dizendo simplesmente:

-Aquietem o faniquito, bichonas.
-mimimi
-Shut the fuck up and let me finis...
-MIMIMIMIMIMMIMIIMIMIMIM
-Ok, o dragão queima todos os vampiros próximos a eles. Fim do jogo, próxima sessão.

Nego se explodiu em gritos. E isso é só um exemplo. Eu ainda não citei os pseudo adolescentes, geralmente são pessoas mais velhas***, que, além de terem a arrogância típica desses tipinhos, agem tão imbecilmente como tal. Já assistiu "The Big Bang Theory", em que os nerds chegam de uma feira renascentista, todos fantasiados e o caralho?
Pois é, nego nessa faixa de idade inventa de fazer live action de RPG e ir fantasiado assim pro evento. Ou simplesmente chega no lugar e inventa de fazer o liveaction na hora, pouco se fodendo para explicações à autoridade.

Rpgistas são tão arrogantes quanto freetards, macfags ou aquele bando de "profissionais" inúteis que imploram pela morte do internet explorer 6 - como se toda a humanidade fosse obrigada a atualizar o navegador ou mudar de browser só pq um bando de "programadores html"**** são burros e preguiçosos, a ponto de não querem fazer código para esse navegador. Nego prega a usabilidade acima de tudo mas se nega a fazer versões funcionais para pessoas desinformadas ou que escolheram usar um navegador antigo.


Pro inferno, bando de hipócritas.


Quanto aos RPGistas, vocês choram reclamando de serem "injustamente perseguidos pela sociedade", mas vocês fizeram por onde. E não reclamem, se vocês fossem tão cabeça aberta quanto querem que o mundo seja, iriam passar a informar o povo próximo a vocês que, no fim das contas, é apenas um jogo.

E vamo que vamo!

*não basta ser superfreak de nerd, tem que ser arrogante ainda por cima.
**sério, os jogadores desse sistema de jogo costumam ser MAIS arrogantes ainda, principalmente em relação aos outros sistemas. Como se o deles fosse muito evoluído por ser realista. Realista. Num sistema de jogo voltado para vampiros, lobisomens e afins. Tá, depois eu que sou o incoerente da parada.
*** Tipo depois dos 30 todo mundo é mais velho, certo?
****Eu sei que vocês ADORAM serem chamados assim, afinal, html e javascript são excelentes linguagens de programação, né mesmo? Até renderizam vídeo!










Guilherme se sente bem



4 comentários:

Luiz Sutileza disse...

Favor apresentar glossário. Não sei o que é um Macfag nem um Freetard.
E cara, numa boa, não querendo defender esses tontos: qualquer bitolado é mala.
Mas, ainda assim, tem coisa pior: cosplayers e air guitar.
Abráx!

ariane disse...

Rotular como hipócritas uma turminha que você já participou é quase um self owning.

Afinal, muitas coisas daquela época você com certeza carrega até hoje, diga-se.

E MacFag.. bom.. você é assumido desde que tem um iphone.

Quem é hipócrita no final das contas? A pessoa que rotula ou a pessoa que procura se encaixar num nicho, ter diversão, e mais aqueles blablablas?

Só o fato de "se" rotular e rotular aos outros fazendo um julgamento gratuíto da diversidade alheia já não é um tanto quanto hipócrita?

Ou é melhor ao invés de rotular e criticar, somente rotular e mostrar prós e contras?

Beijos.
Ari

_g disse...

Primeiro:
Self owning seria se eu ficasse quieto sobre ter participado desse povo

Segundo:
Eu não sou macfag, tanto que não falo pra todos que o melhor celular pra eles É o iphone. Eu falo que o melhor celular PRA MIM é o iPhone, quem quiser seguir o exemplo que siga, pq eu nunca disse pra seguir.

Terceiro:
Eu chamei eles de hipócritas não pq querem se encaixar num grupinho para se divertir. Isso é padrão do ser humano. Chamei-os de hipócritas nojentos pq, pura e simplesmente, eles pregam que você TEM QUE SER LIVRE, querendo ou não, e se você não quer, você é um inutil que deveria ser baindo do mundo.

Quinto:
O blog é meu e eu falo mal, critico e blablabla de quem eu quiser :P

ariane disse...

É. Já que a bola é minha e eu perdi o jogo, ninguém mais vai brincar.

o/

Ari