Publicidade

Acesso rápido

Eu não uso sapatos, mas que se foda charliebrow!

Postado por Guilherme Batista, em 20/06/2009

Melhor dizendo: eu não sigo convenções gerais. Não que seja infantil da minha parte, muito longe disso. Por que diabos eu deveria fazer o que todo mundo faz? Se o mundo inteiro der a bunda eu devo dar também, é isso?


Claro que não, certo?



Pois bem. Diante disso, eu pergunto: por que diabos usar "Jquery*"?
A resposta são sempre essas:
-É mais rápido;
-É mais dinâmico;
-Você usa menos javascript em suas páginas!;
-Blablabla é orientado a objetos

Orientação a objetos, ô praga do mundo moderno da programação. Não que eu seja contra - para aplicações pesadas, ela é ótima e facilita MUITO o trabalho, mas isso não vem ao caso.

Pois bem, vamos às respostas:
-Eu duvido que seja mais rápido, até pq, isso depende muito mais do browser (vide: Ie, firefox, chrome, opera, safari) do que do código em si;
-O dinamismo aí só existe porque nego quer enfiar trocentas animações via JAVASCRIPT na porra da página.
-É, você usa menos javascript, porque o framework já tem uma caralhada de código embutido nele, fora a parte inútil que você não vai usar. E o fato de importar essa merda pro seu site aumenta o peso dele em... 56k. Isso contando SÓ a porra do framework, que você puxa inteiro. Para se ter uma idéia, o peso do meu blog é de aproximadamente 70k.
- 1)Não existe isso de "orientação a objetos" em js, o máximo é "orientação a gambiarras", 2)Mesmo que ele fosse, você usa apenas um arquivo, o que foge totalmente da orientação a objetos e 3)tem uma renca de códigos inúteis

Modinha é uma merda mesmo. Enfiem o jquery no rabo, cambada de putos. Não dá pra usar "orientação a objetos" em sites SIMPLES, ou em hotsites. Especialmente os últimos, que geralmente tem códigos on-demand, e que mesmo que você copie o código antigo vai precisar modificar várias coisas

poupem-me do mimimi sobre essa putaria, sim?

*um framework para trampar com java script










Guilherme se sente bem



Nenhum comentário:

ACESSO RÁPIDO

STAY IN TOUCH

COPYRIGHT Guilherme Batista

Todos direitos reservados