Publicidade

Acesso rápido

Black dog!

Postado por Guilherme Batista, em 16/04/2009

Chupem, meritocratas da internet: vocês adoram dizer que são os fodas, que são isso, que são aquilo e que blablablabla vocês são os bons.

Só que eu nunca ouvi falar de nenhum de vocês serem chamados pra comer na faixa pelo DONO do estabelecimento. Pois é, eu fui. E antes que perguntem, eu não faço post pago, isso não é um post pago e eu to me fodendo para monetizar blogs e blablabla. Vou falar porque achei a atitude do dono do Black Dog algo foda.


Seguinte: eu sei que a maioria que acessa esse blog já foi no Black Dog ao menos uma vez na vida - e achou o lugar uma bosta. Eu ia nele desde meus tempos de estagiário na Dm9, quando tinha apenas uma franquia no Itaim o lanche valia a pena. Muita comida por pouco preço, é a alegria da peãozada desse meu Brasil Varonil, né mesmo?

Aí, nosso belo querido idolatrado salve salve Leandro, dono do lugar, resolveu expandir seu negócio. O negócio dele, quero dizer. Enfins, você entendeu. Expandiu, expandiu, expandiu, abriu franquias e a bagaça começou a fazer sucesso.

Foi aí que a porca torceu o rabo, meu amigo. Como o negócio era na base da confiança, o dono deixava as franquias aos cuidados de quem as abriu. E a coisa começou a ficar errada, com franquia dando um péssimo atendimento, do tipo de você pedir um cachorro quente e ele vir SEM salsicha. E bem no meu aniversário, putos.

É, hot dog vegetariano, né? Enfie o vegetarianismo no rabo, fassavo.

Enfins, o Leandro resolveu retomar o controle da bagaça. Ouviu as críticas de todo mundo no orkut, respondeu elas uma por uma (ponto pro cara), do modo mais pessoal possível (ponto de novo) e o mais rápido que sua atribulada agenda o permitia (ponto, again!). Sim, ele respondeu pessoalmente. Me senti na obrigação de quase virar amigo do cara quando ele replicou minha reclamação sobre os hot dogs sem salsicha :P.

Passou-se o tempo e o Leandro resolveu consertar os erros. Que ele fez? Chamou uma meia dúzia de 50 pessoas, deu um jantar fechado para convidados e adivinha quem tava lá?

:D

O cara me explicou tudo isso aê em cima, me entupiu de hot dog e refri e me pegou no colo, me deitou no solo e se fez mulher e conversou com todo mundo. Sanou dúvidas e a patotada toda.

Resultado: cá estou aqui, falando BEM de uma empresa, pela primeira vez na vida!
Whatever. Se vocês tiverem tretas com o Black Dog, podem falar diretamente com o dono do lugar aqui. Ele vai responder, é garantido. Outra coisa: em breve o cara vai abrir um twitter. E pela atitude transparente dele, eu vou seguir o cara numa boa. Não vai ser uma empresa que nunca me viu e sequer ouviu minhas críticas; vai ser uma empresa que sabe minha cara e tem formas de entrar em contato comigo, além de me responder sempre que eu falo com os caras.

Ah sim, sobre o mega jantar, vai ser lançado um black dog novo em breve. Não sei quando, mas que vai, isso vai.

2 comentários:

Nayara disse...

Cara, sabe qual é o problema? Nego fala mal das empresas e do serviço mas não tem colhões pra ir lá no SAC, no "Fale Conosco" e etc. pra descer a lenha e criticar.

Já tive até resposta do Metrô por críticas minhas. O que fode tudo é a preguiça do povo... vcs falaram mal, criticaram e se deram bem. Se todos fizessem isso acabava boa parte da palhaçada.

Tee disse...

Bacana isso, ele fez o óbvio que todas empresas deveriam fazer e lógico deu certo, recebel um elogio do cara mais chato da face da terra, é uma vitoria XD.

ACESSO RÁPIDO

STAY IN TOUCH

COPYRIGHT Guilherme Batista

Todos direitos reservados