Publicidade

Acesso rápido

Postado por Guilherme Batista, em 10/12/2008

Saudades da época em que se tinha todo um conjunto de regras para conquistar meninas. Era mais ou menos assim:

Chegava-se na futura putinha particular pretensa mulher e dava-se um presente. Vá lá, um anelzinho de doce que fosse. Xaveca-se Pedia a menina em namoro. E logo depois perguntava-se o nome dela. Beijinho no rosto? Só depois de uns 3 anos de intimidade. Pegar na mão era apenas uma vez na vida, e outra na morte - ou seja, logo depois do casamento. E ai se tentasse antes disso, era fulminado pela mulher, pelos sogros e pelo cunhado chato que insistia em chutar canelas. Depois de 10 anos de namoro se casava e depois de 20 anos o casal teria intimidade para tentar algumas peripécias como o sexo horal - aquele de hora em hora.


Hoje em dia é só chegar metendo a mão na bunda e dando chupão de língua e pronto, é só levar pro motel. Ou pra casa dos pais, dela.

Maldita evolução.

Nenhum comentário:

ACESSO RÁPIDO

STAY IN TOUCH

COPYRIGHT Guilherme Batista

Todos direitos reservados