Acesso rápido

15/05/2007

Dos pequenos prazeres da vida

nota: continuo nao tendo feito nada do que previ. Além de precisar de post-its, preciso de alguém com um chicote em mim, não é possível


Dizem que essa tal de felicidade nunca vem. Mentira, ela vem sim, é só uma questão de dar atenção aos pequenos prazeres da vida - aqueles factóides (tem o larrouse cultural do meu lado agora) cotidianos que ninguém dá bola.
Se todos prestassem atenção a isso a vida seria muito mais feliz, divertida e acima de tudo, mais aloprada. Fatos como:

a)o prazer imenso de desencravar uma unha do dedão direto;
b)você dar uma garfada num nhoque e debaixo dele ter um mosquito. Vivo.
c)você estar andando semi sonolento pela cidade e encontrar seu amigo saindo de um beco escuro com a namorada. Ele parecendo um tofu com peruca loira, ela uma versão queimada do Tutubarão.
d)você falar mal de uma pessoa e outra se queimar no lugar da mesma (há!)
e)você achar uma mina com um pau maior que o seu. E de óculos

2 comentários:

Ju disse...

Nossa, quem vc tá achando que é? Me amarrar e me jogar num ônibus interestadual assim, é? :P

Vai lá depois, você vai gostar dos novos comentários.

Bjos! E cuidado com meninas com pau grande, dói. ;)

Nayara disse...

De óculos? O pau ou a mina? ahuhahuauh